BasiliaDF.com - Capital do Brasil.

Apoio Turístico | Comentário | Dados Gerais | História | Satélites | Telefones Üteis
Asa Norte | Asa Sul | Centro | Comentário | Esplanada | Palácios | Zoológico
Água Mineral | Caldas Novas | Chapada dos Veadeiros
Arrojado | Corumbá | Gama | Itiquira | Mumunhas | Pipiripau | Poço Azul | Saia Velha | Tororó
Diversões Noturnas | Entorno | Pontos Turísticos | Turismo Rural
Agências de Turísmo | Alimentação | Aluguel de Carros | Hotelaria

DF > História



História de Brasília


Introdução:

Fizemos uma abordagem sintetizada, objetivando apresentar apenas uma seqüência dos fatos, afinal, este site é turístico, e turista quer é viajar. Portanto, vamos viajar, no tempo, claro.


A história de Brasília

1 - Como é sabido, a descoberta do Brasil, se deu no ano de 1.500. Em 1530, o Governo Português iniciou a colonização do Brasil. Mas, em 1504, as entradas tiveram inicio. Sendo que: A expedição de Luis Grou e Antonio Macedo, segundo Lassance, teria sido a primeira a pisar em terras goianas, isto aconteceu entre 1589 a 1593.

2 - Os primeiros croquis (mapas em nanquim) da região, datam do princípio do século XVII, os quais apresentavam roteiros e descrições dos lugares.

3 - Com a ascensão do Marquês de Pombal, a Primeiro-Ministro de Portugal, na segunda metade do século XVII, este determinou várias medidas controladoras da produção mineral na Colônia (Brasil), entre elas: Financiar a missão do cartógrafo italiano Francisco Tosi Colombina, objetivando mapear a região goiana. Resultando disto, entre outras coisas, o projeto de uma estrada (1751), interligando as cidades de Santos a Vila Boa de Goiás e Vila de Cuiabá.

4 - O mapa produzido por Francisco Tosi, fomentou as primeiras idéias de interiorização da capital, o que se tornou mais evidente no século XIX.

5 - Eram defensores ferrenhos da transferência da Capital: Hipólito José da Costa, José Bonifácio, Francisco Adolfo de Vanhagen e Luis Cruls.

6 - Mas foi exatamente a Inconfidência Mineira que mais salientou a mudança da capital, à época. Tiradentes defendia a mudança para São João Del Rei.

7 - Hipólito José da Costa Furtado de Mendonça, mantinha em seu Jornal: Correio Braziliense, editado em Londres (1808 a 1822) permanente campanha pela interiorização da Capital do Brasil.

8 - Portanto: Honras a Hipólito pela sua primazia no assunto da mudança da capital, isto nos anos de 1813 a 1822.

9 - Em 1807, sob o comando do general Junot, no processo expansionista de Napoleão Bonaparte sobre a Europa, o exército francês invade Portugal, forçando a família Real a mudar-se para o Brasil apressadamente. Isto viria mudar os rumos da nossa história de forma definitiva.

10 - Nesta época, José Bonifácio de Andrada e Silva trabalhava arduamente com os legisladores para induzi-los na criação de leis que determinassem efetivamente a mudança da Capital para o interior. Na época, cogitavam-se os nomes de Petrópole e Brasília.

11 - No início do período Imperial, a idéia da mudança da capital estava madura e definida. Inclusive, já havia a definição do local: Planalto Central, porém, ainda não era lei.

12 - Durante o Império, o fato mais relevante sobre o assunto, foi a expedição do Visconde de Porto Seguro, Francisco Adolfo de Varnhagen ao Planalto Central, isto, em 1877, resultando numa carta ao Ministro da Agricultura e um livro intitulado: "A questão da Capital: Marítima ou Interior? Como se pode perceber a idéia da mudança é antiga e bem documentada.

Período Republicano.

13 - Em 1891 é lançada a primeira constituição republicana, e a transferência da capital é mencionada no seu artigo terceiro, da seguinte forma:

14 - "Reputando de necessidade inadiável a mudança da Capital da União, o governo trata de fazer seguir para o Planalto Central a comissão que deve proceder à demarcação da área e fazer sobre a zona os indispensáveis estudos".

15 - Em todas as constituições republicanas, o assunto é tratado.

16 - A primeira Comissão Exploradora do Planalto central do Brasil, foi confiada ao Dr. Luis Cruls, que saiu do Rio em janeiro de 1892 e retornou em julho de 1893.

17 - Tendo como resultado o traçado do quadrilátero Cruls, com 14.400km2 entre as linhas 15º.10'.0"S e 16º.08'.35"S.

18 - A Segunda Comissão, também chefiada por Cruls saiu do Rio em Janeiro de 1894 e retornou em dezembro de 1895, com objetivo principal: determinar o local da nova Capital, dentro do quadrilátero de 160 por 90km2.

19 - Após a presidência de Floriano Peixoto, passaram-se oito presidentes que não atinaram em dar cumprimento ao Art. 3º. Da Constituição de 1891.

20 - No ano de 1922, Centenário da Independência, o então Presidente da República, Epitácio Pessoa, decreta que seja colocada a Pedra Fundamental de Brasília, em algum lugar do Planalto Central, em 07 de setembro de 1922.

21 - ÀS 12 horas de sete de setembro de 1922, foi concluída a construção do obelisco em cima do Morro do Centenário, a 8Km de Planaltina na Serra da Independência.

22 - De 1922 a 1946, o assunto ficou quase esquecido, aparecia nas constituições, mas não passava disto.

23 - Na Presidência de Gaspar Dutra, foi enviada ao Planalto Central a Comissão do General Djalma Polli Coelho, que ampliou a área de 14.400km para 77.254km2.

24 - No Governo de Getúlio Vargas, foi enviada a Comissão do General Caiado de Castro, o qual determinou o levantamento aéreofotográfico da área do Planalto Central, em junho de 1953. Foi a partir deste evento que a mudança da capital se tornou o principal assunto da pauta dos Presidentes da República, ganhando inclusive, curso continuado.

25 - Foi na Comissão do Marechal José Pessoa, que se definiu o Sítio onde se daria a construção de Brasília e os limites definitivos do DF: 5.789,16km2.

26 - Em abril de 1955, jornais de todo o país publicam os limites definitivos do DF.

27 - Em abril de 1955, Juscelino Kubitschek de Oliveira fez um comício como candidato à Presidência da República em Jataí-GO, momento em que afirmou categoricamente que se eleito fosse, faria a mudança da Capital para o Planalto Central.

28 - Em 1955, o Governo de Goiás suspende a venda de terras. Maio de 1955 se inicia a construção de um campo de pouso com 2.700 metros no Planalto Central. Dezembro de 1955, efetivada a primeira desapropriação na área: Fazenda Bananal.

29 - Durante toda a campanha presidencial, JK, propalava que se eleito fosse, mudaria a Capital, inclusive, este assunto era a Meta-Síntese ou Carro-Chefe da sua campanha.

30 - Em 1º. De outubro de 1957, JK assina a Lei que fixa a inauguração de Brasília para 21 de abril de 1960.

31 - Da assinatura da Lei, até a data da inauguração contar-se-ia, 1.000 dias, ou 3 anos e dez meses, seria o prazo para a construção da Capital.

32 - Portanto, a construção da Capital, começou efetivamente em 1957, mas a bem da verdade, quando JK assumiu a Presidência (1º./01/1956), a mudança era assunto inadiável, inclusive, a sua Meta-Síntese (mudança da Capital), provavelmente tenha sido mesmo o seu carro-chefe durante as eleições.

33 - Brasília foi inaugurada em 1º. De abril de 1960.

34 - No dia 31/01/1960, JK passou o cargo para o então Presidente eleito, Jânio Quadros. JK, não chegou a ocupar a cadeira de Presidente da República, no Palácio do Planalto.


Topo da página - Top
Política de Privacidade | ©2004 - www.BrasiliaDF.com - Todos os direitos reservados.